sábado, janeiro 02, 2010

formspring.me

Como que tu vês o "gospel" nacional hoje em dia?

Rica,

Se com o "gospel nacional" vc quer dizer "música cristã brasileira" ou "música para se cantar em nossos cultos", no que diz respeito à qualidade técnica musical, eu creio que tivemos grandes avanços. Mas, isso é muito óbvio.

O que não me parece ser óbvio é a falta de um senso comum quanto à pobreza das canções no quesito conteúdo. Seria muito bom encontrar mais profundidade bíblica em nossas canções. Muitas canções seriam melhor taxadas de canções auto-ajuda.

É claro que com isso eu não estou dizendo que se ajudar não é importante, mas se vamos dar nomes, vamos dar os nomes corretos. Só porque a palavra Deus entra em uma canção ela não serve pra ser cantada ou ensinada pra crianças e adultos em nossos cultos. Precisamos avaliar melhor o que estamos cantando. Isso dá trabalho, sim! Mas, isso é porque o Alvo das nossas canções não é papai Noel, mas El Shaddai, o Todo Poderoso!

Nós vivemos num momento único da históra da música cristã, um momento bastante peculiar e perigoso. Quando vemos no passado músicos como o Rei Davi e compositores como o irmão de John Wesley, Charles Wesley, quem escreveu mais de cinco mil canções, percebemos que suas motivações e inspiração vinham da revelação de Deus. Suas preocupações estavam na glória de Deus, suas intenções eram equipar o povo de Deus com canções que expressariam sua devoção a Ele.

Não sou Deus pra julgar corações, mas sou são o suficiente para saber que em nenhum momento da história do mundo se fez tanta riqueza com música cristã. Um conhecido meu, que trabalha no meio da música cristã internacional, me disse que algo muda quando um homem faz dois milhões de dólares ao compor uma canção de adoração. E ele trabalha com os GRANDES nomes.

E se eu não conheço outros corações, eu conheço o meu. E por conhecer um pouco do meu, eu posso dizer que a tentação em compor uma canção que venda, ao invés de compor uma canção que exalte ao Senhor, é presente e real. Minha motivação deve ser a Glória de Deus! Minha preocupação deve ser equipar o povo de Deus de maneira que isso ajude o povo a se manter santo e irrepreensível aos olhos do SENHOR!

Nós compositores cristãos precisamos ter temor quanto as palavras que vamos colocar nos lábios daqueles a quem o Senhor comprou por alto preço. Vamos exaltar a realidade sublime de Deus ou incentivar mentiras, percepções humanas e expressões mesquinhas quanto à vida cristã?

Puxa... que desabafo...

Em amor, sempre...

Ask me anything

18 comentários:

Willian Rochadel disse...

Verdade, a música gospel virou muito mais parte do mercado capitalista do que adoração de intimidade com Deus, são poucas as canções capazes de transformar vidas com letras com conteúdo, são muito mais Jingles.
O blog formulados.com.br inclusive criou um Ministério chamado "Pula ni mim" como forma de protesto ao pouco conteúdo das músicas cristãs no Brasil.

Atalaia de Cristo disse...

Adorei o seu texto :: Simples ::
mas verdadeiro ::
Sou Ministro de adoração na Minha Igreja e tenho estado muito triste e oprimido, pois a igreja gosta das canções, que falam de "benção" e "vitória".

Parece que não há prazer quando se canta uma musica dizendo que ele é Santo, Adorado e Grande . . .

Realmente muitas pessoas gravam cd's como muitos cantores que eu conheco apenas para vender, de ano em ano, não oram nao buscam uma direção para que aquelas musicas sejam ministradas e vidas transformadas...

Eu agradeço a Deus pela vida de vocês
que tem sido canal de benção pra mim

Rafael disse...

É bom saber que existem pessoas preocupadas com o que estamos cantando.
Uma característica de nossas músicas é de serem quase sempre intimistas, voltadas exclusivamente para o "EU". Não que isso seja um problema, mas nos fixamos no eu, quando a palavra também ons ensina o '"nós", pois somos um corpo em Cristo. Principalmente nos momentos chamados de "louvor" nos cultos precisamos cantar músicas que falem sobre "nós" louvando a Deus, pois nesses momentos é que estamos "juntos" como um povo, adorando o Senhor.
Vale pra pensar também... =)

Fiquem na Paz!
Abraços.

May */* disse...

Primeira vez que leio este blog...
As palavras que você escreveu acima são verdadeiras... concordo!

Thiago Exp. disse...

Concordo totalmente com o que você escreveu. A música evangélica hoje em dia tem sido muito "música" e pouca "adoração".
Se os insttrumentos e a voz são ungidos pelo Senhor, o objetivo deles não é divertir as pessoase sim conduzir as pessoas pro santos dos santos atravéz da adoração!

Fernando Rodrigues disse...

POxa simplesmente demais, de Deus mesmo, infelismente esse é o nosso quadro atual brasileiro

Mas clamamos por um avivemento que mova os corações a biscarem a Deus e somente a Deus, e que caia por terra todo estrelismo, pois o unico digno de louvor adoração e ações de graças é o Senhor Jesus Cristo de Nazaré.

Anônimo disse...

OJE EM DIA EM NOSSO MEIO CRISTAO TEM MUINTA GENTE VINDO DO MEIO SECULAR PARA TENTAR A VIDA NA MUSICA CRISTA!! POIS E SO DA UMA OLHADA NO NIVEL DAS MUSICAS EXECUTADAS EM RADIOS GOSPEL PELO PAIS A FORA!!! DA PRA SENTIR QUE NAO VEM D SIMA!! E MUITO SUPERFULO NADA PALPAVEL.
Lembro da primeira vez que ouvi presciso de ti do DIANTE DO TRONO senti uma vontade de chorar rir isso que nunca tinha ouvido musica gospel na vida dava pra sentir que vunha de cima hoje nao falando de DIANTE DO TRONO!! mais de musica gospel esta muinto complicado para ter bouas musicas gosto muinto do seu ministerio e posso afirmar mudei minha visao de REINO depois que ouvi para que outros possam sentir!! e vai valer a pena!!
dava pra sentir na pele que vinha de cima!! gostei muito do seu texo!!!
MINISTERIO SANTOS LOUCOS
fabianoadorador@hotmail.com (orkut e msn)

Reginaldo Robledo disse...

Querido irmão, infelizmente seu texto comprova uma triste realidade no meio evangélico dos nossos dias. Muitos estão utilizando os preciosos dons da: composição e interpretação, para atenderem suas próprias necessidades financeiras. A palavra de Deus diz em Romanos 14:17.“Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo”. Muitos estão construindo para si próprios um verdadeiro “reino” através do Reino de Deus. Creio que o Senhor nos chamou para adorá-lo com nosso talento e através dele levar outras vidas para "o Reino do Seu Amor".
Sou ministro de louvor da igreja que congrego na cidade de Goianésia - GO, e como todo ministro de Deus, minha responsabilidade diante do ministério é muito grande, pois escolhemos as canções para adorarmos ao Senhor nosso Deus nos trabalhos da igreja, e muitas vezes me deparei com isso que você descreve em seu comentário. Com certeza existem muitas músicas que realmente estão sem fundamento bíblico. Diante disto, queria compartilhar algo com você e todos que possam ter acesso a este comentário.
Eu sempre queria que Deus me usasse para poder oferecer-lhe algo espontâneo. Um sentimento íntimo de minha’lma. Então algo sublime aconteceu comigo. Certo dia estava tocando violão quando senti uma necessidade grandiosa de escrever o que estava cantando. O que eu sentia no momento era o que realmente queria fazer para Deus e por Deus. Dai então descobri que o Senhor estava me entregando um novo dom. O de compor. Querido, a partir daquele dia (aproximandamente 1 ano e meio atrás) minha vida ministerial não foi mais a mesma. Muitas canções vieram para a glória de Deus desde aquela manhã. Muitas experiências do tipo: estar dormindo e num instante sonhar com canções que Deus me revelava. Foi lindo!!! uma tremenda experiência. Hoje na igreja de Jesus que congrego, cantamos e nos alegramos com aquilo que o Senhor tem nos dado.
Alguns domingos atrás eu estava assistindo o programa noite dos adoradores de Deus pela RIT, quando conheci o trabalho do seu ministério (Livres para Adorar), senti algo diferente em vcs pois, a letra daquela canção que vcs ministraram expressou algo diferente para mim. Sem dúvida "vai vale apena" morrer para que cristo viva em nós. Através daquela canção Deus me deu um mensagem diferenciada. Então no domingo seguinte na mensagem da noite, tive a oportunidade de transmitir aos meus irmãos a necessidade da entrega, da morte por Cristo, do verdadeiro sentimento que nós como filhos devemos ter por nosso Pai Celestial. Hoje tenho a felicidade em dizer que você e sua equipe, fazem parte de uma nova página escrita na minha vida. Pois encontrei nas canções que vocês ministram, um diferencial que traz a presença de Deus até nós.
Que Deus continue te usando a cada dia. Amém!

REGINALDO ROBLEDO
MINISTRO DE LOUVOR - COMUNIDADE EVANGÉLICA VIDA NO ESPÍRITO

Waps_ disse...

é verdade, infelizmente poucos ministerios nacionais tem letra acoplado com musica, alguns tem apenas musica e outros.. bem dexa pra lá... aqui na igreja que faço parte, corremos para os internacionais, hillson united, jesus culture, leeand, entre outros fazem parte de nossa rotina, procuramos as traduções e vimos quanto falam as letras conosco... mas Deus está levantando uma geração de adoradores que tem como objetivo principal, levar a arca, levar a presença maravilhosa para as vidas inalcançadas...

Anônimo disse...

Sou ingles, e gosto muito de louvar a Deus em qualquer lingua que falo. Aqui na Inglaterra nós cantamos muitas das mesmas canções, mas há muitas vezes eu estou na igreja, um jingle é tudo que tenho para cantar.Nao é um hino digno de Deus. Precisamos atrair novos crentes, de uma maneira que eles sao atraidos. O que nós não precisamos, é produzir um reino de idiotas que não conhecem as profundezas da Bíblia. É certo que os escritores, produtores, e as igrejas de multimídia, com alcance global precisa de mais humildade.

Thiago Exp. disse...

Ele /\ disse a palavra que estava faltando: Humildade

Rosana Pedrozo disse...

Gostei muito como alguns problemas com a música Gospel de hoje foram colocadas neste texto...fico pensando também que quando cantamos algumas músicas antigas parece que elas nos levam à "sala do trono", à adoração com muito mais facilidade. A Palavra de Deus também era muito mais cantada, quando nos dávamos conta estávamos cantando um Salmo de Davi!Precisamos acima de tudo ter temor, música Gospel não é qualquer música e talvez seja hora de resgatar ou aprender com aqueles que adoravam ou adoram em espírito e em verdade!

Giovanne Soares disse...

Isso é verdade... Existem poucos canções falando da volta de Jesus (que esta se aproximando a cada dia mais), do verdadeiro Evangelho (Ide e pregai a todas as nações - Arrependei-vos, pois o Reino de Deus esta próximo). Se tudo isso tivesse sido ensinado de verdade (ao invés da "Grande Benção"), estaríamos, não assistindo Shows Evangélicos, mas do lado de fora desses Shows, intercedendo e esperando aqueles que evangelizamos e levamos para serem impactados nesses Shows.

Um Grande abraço e que Deus o Abençoe!!!

cinthia disse...

que o senhor nesse tempo seja adorado por nossas vidas porque elas serão cançoes que alcansaram o coração de deus e assim se ele quiser isso sera uma canção que todos iram ouvir

Nanda Alcantara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nanda Alcantara disse...

Fiquei muito feliz ao ler seu texto.
Acabo de escrever um desabafo ao Senhor, falando da comercialização da Sua Santa Palavra e de como a religiosidade nos tem afastado do amor do Pai.

Fico muito triste ao ver que, exatamente onde onde deviamos louvar e exaltar o nome de Deus, encontramos a maior quantidade de pessoas usando o nome Dele para alcançar glória pra si mesmo nesta Terra e progredir financeiramente. Não tentam crescer na estatura de "varões" perfeitos diante de Deus, esquecem-se do amor e de anunciar as boas-novas aos que de fato precisam. Usam os dons que Deus os emprestou para pregar o evangelho e anunciar a Palavra para julgar, espalhar e magoar pessoas. E agora, vejo, comercialização da Palavra. Usa-se o nome de Deus pra se autopromover e esquece-se do verdadeiro sentido de estarmos em Cristo.

Por uns momentos fiquei pensando que apenas eu vejo isto e que sou muito radical! Mas ao entrar neste blog e ler não só o texto, mas os comentários, fiquei muito feliz, vi que, infelizmente, é fato. Mas que não estou sozinha.

Sinto Deus, desejo demlouva-lo e exalta-lo com estes louvores.
Sabemos também que todas estas coisas são cumprimento da palavra de Deus, o tempo do Senhor se aproxima e o amor de muitos está frio. Oremos a Deus uns pelos outros.

Diogo Carvalho disse...

Esse foi um desabafo de todos nós!
Estudar a vida de homens citados no texto, como John Wesley, é um excelente remédio contra um referencial medíocre do que é um cristão verdadeiramente ungido.
Continue bebendo dessa fonte, irmão!

Anônimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ commander viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ costo viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra