quarta-feira, dezembro 30, 2009

formspring.me

Como nasceu o ministério Livres para Adorar?

O Livres para Adorar nasceu como resposta a uma necessidade social e missionária.

Em 2003, 2004, uma missionária da nossa comunidade havia recém voltado do Nepal (país asiático) e num culto dominical relatou a história de um casal de missionários que resgatava crianças vítimas de um sistema de escravidão sexual naquele país.

A partir deste culto nasceu uma urgência, uma necessidade de ter de fazer algo por essas crianças e, algum tempo depois, gravamos o primeiro CD "Livres para Adorar" para divulgar e levantar recursos a essa missão.

O CD acabou que gerando uma resposta inesperada da Igreja e fomos levados a perceber uma outra necessidade. Então, a partir do final de 2006, o Livres para Adorar passou a ser um ministério itinerante do louvor e da Palavra, enviado pela comunidade local.

Ask me anything

4 comentários:

Charles Souza disse...

Nossa que legal, Deus sempre ergue ministérios que começaram com o intuito de ajudar os "perdido", foi assim com o DT. Então é só ficar firme que assim como o DT e muitos outros, Deus vai entrar em favor, e muitos saberão que existe o Livres Para Adorar.

Abraços!

Ailton disse...

Recentemente participei de um evento onde o Livres estava presente... Sem dúvida, vocês estão numa outra sintonia, elevaram o nível, rasgaram os céus com uma adoração contagiante... Quando me passaram pela primeira vez uma letra do Livres, confesso que não dei tanta importância, resisti, o som era muito bom, mas sempre me deti na análise da letra, queria entender melhor, eram só palavras de efeitos ou era a Palavra mesma cantada? Algum tempo passou e ouvindo com mais atenção, pude entender que o Livres é a resposta de Deus para essa hora. A qualidade de som produzido pelos músicos é muuuittto boa, mas não é só a técnica, quanta vida ministram com seus instrumentos... Letras profundas, a voz do Juliano um encaixe perfeito. Que Deus marque essa geração através das vidas de vocês. Deus os abençoe!

Raul disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JÉSSICA disse...

glória a DEUS vcs sao umas bençaos